Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

sábado, 23 de junho de 2012

Unidade Provisória é destruída após rebelião

Tropa de Choque controlou a rebelião que começou às 7h
 
Tropa de Choque precisou ser chamada para controlar a rebelião na Usip (Fotos: Portal Infonet)
O quebra-quebra causado durante rebelião que aconteceu na manhã deste sábado, 23, na Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (USIP), culminou com a destruição da maior parte do local. Aproximadamente 15 menores internados na unidade, depredaram as celas, cavaram seis buracos e arremessaram pedras contra os policiais. Equipes da Tropa de Choque da Polícia Militar, acionadas para acalmar os ânimos, adentraram no local e controlaram toda a situação.

A rebelião foi iniciada por volta de 7h deste sábado por motivos ainda não divulgados. De acordo com o responsável pela operação, Tenente Josival Lima, o coordenador de operações do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) solicitou reforços alegando que os menores estavam inquietos. “Os menores estavam depredando as celas, queimando colchões e utensílios e usando pedaços da grade para perfurar as paredes e fazer buracos”, conta.
Fumaça oriunda da queima de colchões e utensílios pode ser vista fora do local
Com os resíduos da destruição, os menores também tentaram afastar os policiais.  “Eles tentaram reprimir o trabalho da Choque, mas estamos preparados com uma tropa treinada e conseguimos contornar a situação, sem causar qualquer ferimento aos menores, preservando seus direitos e sua integridade física”, explica.

Ainda de acordo com o tenente Josival, em virtude da ação dos adolescentes que praticamente destruiu todo o Usip, todos eles terão que ser remanejados. “Os internos são menores infratores ainda não sentenciados. No Cenam, 11 poderão ser temporariamente alojados, no entanto, outros três ficarão em uma cela restante que infelizmente oferece condições precárias”, ressalta.

A polícia informou que durante a rebelião, não houve reféns e fugitivos, e apenas dois menores ficaram levemente feridos por conta da destruição que os próprios causaram no local.
Renascer
Tenente Josival Lima foi o responsável pela operação
Por meio da sua assessoria de Comunicação, a Fundação Renascer informou que a Diretoria Administrativa do local irá conversar com os menores para esclarecer os motivos da rebelião. A assessoria também confirmou o remanejamento dos menores para o Cenam, já que boa parte das alas da Usip foram destruídas.
Por Verlane Estácio e Janaina de Oliveira
Fonte: Portal Infonet

Postagens populares