Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

sábado, 25 de agosto de 2012

Promoções, gratificações, PEC 300 da Paraíba: Vai começar tudo de novo?

Governador sepultou um aumento aprovado em lei e poderá acabar com outros benefícios. Os deputados vão mesmo “se manifestar contrários”?...

Há cerca de três meses, surgiram rumores de que o governo do estado iria (ou ‘irá’) acabar com as promoções imediatas na Polícia Militar. Os profissionais da área logo se manifestaram, e o ParaibaemQAP entrou em contato com o comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, que foi enfático: “Pelo menos até onde eu sei, isso não passa de boatos. Eu garanto que, a preço de hoje, não existe nada de concreto sobre o fim das promoções na Polícia Militar”, disse o coronel. Preferimos não publicar nada a respeito naquele momento (nem sobre os boatos nem sobre as explicações do coronel).

Três meses se passaram, o assunto esfriou e até o momento tudo segue como antes. Porém, surge uma nova ameaça: “o governo do estado vai retirar gratificações das polícias Civil e Militar”, disse o deputado Trócolli Junior ao portal PB Agora. Novamente, o ‘informe’ mexeu no seio da tropa, mas dessa vez [ainda] não procuramos a versão do coronel Euller sobre o assunto. 

Não nos iludamos: o governador Ricardo Coutinho (PSB) já deu o tom do seu modo de governar. É jogo duro. É “última palavra”. Para quem deixou de pagar uma “PEC aprovada em lei”, acabar com as promoções e retirar gratificações é fichinha.

Porém, tomar essas medidas sem dar nada em troca é uma burrice tão grande que fica difícil imaginar. A tropa está no seu limite de paciência com o governo. Se o governador quiser apostar até onde vai a dureza do jogo, poderá pagar muito caro.

Falando nisso...

Ainda na matéria do PB Agora, o deputado Trócolli afirma que foi procurado por associações dos policiais e prometeu ”levantar a voz” contra essa [mais uma] medida em desfavor dos profissionais da segurança pública na atual gestão. Está corretíssimo.

O que nós ainda não conseguimos digerir foi a relativa facilidade com que o atual governo conseguiu sepultar a “PEC 300 da Paraíba” – que foi aprovada pelos deputados paraibanos – sem que os parlamentares deste estado (todos eles) se mantivessem firmes e fortes contra essa primeira medida maldosa aos policiais.

É como se a PEC-300-PB tivesse nos vacinado contra os ‘rumores’. Na atual gestão estadual, tudo pode acontecer (inclusive o fim das promoções e das gratificações). Mas se for para os deputados paraibanos erguerem a voz em favor dos policiais, que esse poderoso coral questione em um só tom: “fomos nós quem aprovamos a PEC-300-PB e nós lutaremos até o fim para fazê-la vigorar!”.

Clique aqui e veja a matéria do PB Agora.

Fonte:Paraíba em QAP

Postagens populares