Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Denúncia: Comando do Corpo de Bombeiros deixa militares sem transporte


Uma ação do Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Estado de Sergipe tem deixado os militares do 2º Grupamento de Bombeiros Militares bastante insatisfeitos. Segundo uma denúncia anônima enviada ao nosso portal, o veículo que fazia o transporte dos militares da capital até o município de Estância foi proibido de fazer esse transporte e desde então os bravos guerreiros que diariamente doam as suas vidas para salvar a vida da população tem que se aventurar em veículos de transporte público para chegar ao trabalho, correndo risco de assaltos e passando pela humilhação de ter que disputar os dois passes livres que cada carro libera.

Para constatar a veracidade das informações, a equipe do nosso portal foi até o quartel do 2º GBMSE e tentou conversar sobre o assunto com o Major Bezerra, Comandante do Batalhão do Corpo de Bombeiros de Estância que informou ao repórter Pisca Jr que essa decisão havia partido do Comando Geral e que ele não poderia se pronunciar sobre o caso.

Oficialmente, nenhum militar pode falar sobre o caso sob pena de sofrer sanções, porém, as informações de amigos, familiares e até mesmo de bombeiros militares dão conta que o transporte que até então era cedido pelo Bombeiro para conduzir os militares até Estância de fato foi retirado e essa decisão tem não só desagradado aos militares, mas colocado a própria vida deles em risco. 
Em conversa com a nossa equipe, um militar que preferiu ter a sua identidade em sigilo destacou a problemática e lamentou essa postura do comando geral.

“Após essa decisão, temos que todos os dias vir para o trabalho nos veículos da COOPERTALSE, porém, mesmo sendo lei, às vezes chega a ser constrangedor ter que viajar, pois os veículos só aceitam dois passes livres”, destacou o militar, salientando que esses dois passes livres compreendem não só os bombeiros, mas policiais, idosos e tantas outras pessoas que possuem o direito de viajar gratuitamente.

Conforme os militares, o comando geral deu a ordem para retirar o veículo devido aos gastos com manutenção. Outra alegação passada para os militares seria que o veículo iria ser utilizado para fazer as vistorias na região, porém, segundo as informações, o carro permanece abandonado, sujo e no pátio do corpo de bombeiros sem nenhuma serventia.

Fonte: Diário Sergipano/Blog da Amese

Postagens populares