Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

De 600, apenas 200 serão convocados para formação da PM

Aprovados no concurso da PM pedem a convocação de mais 600

Somente 200 dos candidatos excedentes no concurso da Polícia Militar serão convocados para a iniciação do curso de formação, que começará após o período de Carnaval. A decisão, tomada na manhã desta segunda-feira, 9, deixou os concursados insatisfeitos. A expectativa dos concursados era de que, pelo menos, 600 excedentes recebem a convocação.

Na manhã desta segunda-feira, 9, uma comissão formada por representantes dos excedentes concursados da PM se reuniu com o governador do estado Jackson Barreto e o secretário de Segurança Pública (SSP), Mendonça Prado, para tentar chegar a um acordo nas negociações da convocação do concurso. Mas de acordo com o representante dos concursados, Pedro Fernandes, a reunião não foi muito proveitosa.

“Ele (Jackson Barreto) prometeu que, até o final de 2014, convocaria todos os 1.200 candidatos aprovados. Hoje, esperávamos que eles comunicassem a convocação de mais 600. Mas não foi o esperado. Apenas 200 dos excedentes serão convocados”, falou Pedro.

O representante dos concursados teme pelo baixo efetivo de PMs em Sergipe. “O último concurso aconteceu há dez anos, ou seja, está aumentando o número de futuros aposentados e o efetivo está diminuindo e isso não é bom”, explicou Pedro.

Pedro destaca que muitos concursados já estavam contando com a convocação para a PM. “Muita gente trancou faculdade, abriu mão de muita coisa pensando que seria convocado”, completou. Ainda de acordo com ele, no dia 26 de fevereiro, uma nova reunião será realizada entre o Governo e a comissão de concursados para novas tentativas de negociação. “Infelizmente, se nada avançar, não vamos insistir mais. Pelo menos, a validade de convocação foi prorrogada até o ano de 2018, mas vamos ver”, finalizou.

Governo do Estado

A justificativa do governo é de que a situação financeira do Estado aponta para a falta de recursos que impossibilita o restante da convocação. De acordo com a Secretaria de Comunicação do Governo, “os demais excedentes só poderiam ser convocados após a análise econômica do primeiro quadrimestre de 2015”.

Helena Sader e Verlane Estácio

Fonte: Portal Infonet

Postagens populares