Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Comandante da Polícia confirma que Governo irá convocar excedentes da PM em outubro

O comandante geral da Policia Militar, coronel Marcony Cabral, disse na manhã desta segunda-feira (19), que o governador Jackson Barreto (PMDB), confirmou que em outubro, serão convocados os 300 aprovados excedentes do último concurso da PM. Em entrevista a uma emissora de rádio, o coronel informou que os excedentes serão chamados em outubro para realizarem os primeiros procedimentos e em janeiro iniciarão o curso.

Ainda durante a entrevista, Marcony explicou ainda que na tarde de hoje será realizada uma reunião que acontecerá no Constâncio Vieira, onde será apresentado a nova redação do projeto que será enviado para a Alese.

O coronel disse ainda que o projeto não irá prejudicar os militares e que não haverá perdas para os policiais reformados. Sobre a reunião que ocorrerá hoje, o coronel Marcony que a tropa será ouvida e que as reivindicações serão levados para o governo. Ele informa que o que já ficou acordado com o governo, será apresentado à tropa. O coronel deixou claro que “nós não teremos palanque lá. Nós temos das 14 às 17 horas para fazer os esclarecimentos”.

Em nota divulgada no último sábado (17), o governo diz que “é necessário esclarecer que o governo vem democraticamente realizando um processo de negociação, que entra na sua reta final, que irá buscar assegurar direitos que historicamente vem sendo pleiteados pelas tropas. Portanto, enquanto os canais de negociações com os representantes das tropas estiverem abertos e funcionando, não vemos motivo para manifestações de protesto já que não houve fechamento de questão”.

As propostas do governo são: carga horária de 36 horas; Aumento no valor da GRAE para R$ 200; Auxílio uniforme a partir de 2017; Subsídio a partir de abril de 2018 e progressão por tempo de serviço, com os interstícios sugeridos pelos militares, a partir de 2017.

Fonte: Faxaju

Postagens populares