Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Comando da PM traça novas diretrizes para o expediente administrativo

O Comando da Polícia Militar, através da subchefia do Estado Maior Geral, realizou uma reunião na manhã desta segunda-feira, 28, com o intuito de pontuar o novo horário de trabalho do serviço administrativo da Polícia Militar para os policiais que trabalham no Quartel do Comando Geral (QCG) da corporação.

Durante a reunião, ficou definido que a partir da segunda-feira, 4 de junho, o horário de trabalho será das 8 às 16h, com dois horários de almoço. A primeira turma irá almoçar das 11 às 12h, enquanto a segunda almoçará das 12 às 13h. Os policiais irão almoçar no próprio restaurante do QCG ou poderão se deslocar para suas residências, desde que seja respeitado o retorno ao horário de serviço no turno vespertino. Em um segundo momento, serão providenciados tíquetes refeição para o efetivo.

“Nossa meta é reduzir 35% do efetivo administrativo e deslocar estes policiais militares para o serviço ostensivo, nas ruas, na atividade fim da corporação. Então esses policiais que atuarão no serviço administrativo não serão utilizados nos serviços de rua, com exceção de festas como Pré-Caju e Eleições”, explicou o coronel Luis Fernando Silveira de Almeida, subchefe do Estado Maior Geral da PM.

A seleção dos policiais militares que permanecem no serviço administrativo e os profissionais que seguem ao serviço ostensivo será realizada pelo chefe imediato de cada policial militar. “O chefe de cada seção do QCG observará a melhor forma de tratar a questão, observando o perfil de cada policial e o trabalho que desempenha junto à instituição”, completou o coronel Luis Fernando.

A breve reunião reforçou o comprometimento de cada policial militar na reestrutura da corporação. “O reerguimento da nossa instituição passa pela vontade de cada um de nós. Então devemos dar o melhor de nós em qualquer que seja a função que estejamos desempenhando na corporação. Nosso objetivo é prestar um bom serviço à sociedade”, finalizou o coronel Luis Fernando, após oferecer espaço para retirada de dúvidas por parte dos cerca de 150 praças [Subtenentes, Sargentos, Cabos e Soldados] presentes na reunião realizada no auditório do QCG. 
Fonte: PMSE / Blog Acontece em Sergipe

Postagens populares