Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Ministério da Justiça realiza importante debate para melhorar a segurança pública e imprensa não dá destaque

Policiais, sociólogos e especialistas em segurança querem mudar o quadro brasileiro. *Os jornalistas, não... 


No dia 03 de agosto, o Ministério da Justiça em Brasília realizou uma Audiência Pública para discutir a desmilitarização das PMs e Bombeiros Militares no Brasil. Representantes das categorias no país inteiro participaram do encontro.

A reunião contou ainda com a participação do sociólogo e ex-secretário Nacional de Segurança Pública, Luiz Eduardo Soares; o sociólogo e secretário Municipal de Segurança de São Bernardo, Benedito mariano; o sociólogo e jornalista especialista em Segurança Pública, Marcos Flávio Rolim; o representante da Federação Nacional dos Oficiais (FENEME), Coronel PM Marlom e um dos autores da PEC 102, Corenel Eumar Novacki.

Tanto os representantes da sociedade civil como os militares – inclusive vários oficiais – deixaram claro que o modelo de segurança pública atual no Brasil não serve mais para o bem da população. Há muito tempo, as autoridades brasileiras sabem disso, mas com o silêncio (e a ajuda!) da imprensa, a situação vai sendo empurrada com a barriga.

“Precisamos ter uma polícia autônoma e eficiente, que não esteja nas mãos dos políticos e nem nas mãos dos maus administradores. Uma polícia que seja moderna e eficiente com ensinamentos de direitos humanos, defesa pessoal e matéria de direito. Aulas teóricas, práticas e táticas. A cobrança da sociedade brasileira é em cima de tudo isso que nós falamos. O povo quer uma polícia do povo, para povo e um tratamento melhor aos seus componentes que possamos ter respeito e serem respeitados.”, destacaram os representantes da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco.

Audiência Pública aconteceu há nove dias. Agora, reflita: o seu telejornal preferido deu destaque ao assunto nesses dias? Quantas vezes a sua emissora de rádio predileta falou sobre a reunião na hora de veicular o “bloco policial”?

A *imprensa deste país quer mesmo melhorar a segurança pública? 

Fonte: Paraíba em QAP

Postagens populares