Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Clima volta a ficar tenso no presídio Leite Neto em Nossa Senhora da Glória.

Por volta das 7 horas desta segunda, mais tiros foram ouvidos dentro do presídio e o clima volta a ficar tenso. Até o momento não se sabe se os tiros disparados saíram das armas dos policiais ou dos presidiários.

REBELIÃO - A rebelião no presídio de Nossa Senhora da Glória continua. Presidiários mantêm dois agentes penitenciários como reféns e há familiares, que incluem mulheres e crianças que estavam visitando os detentos neste domingo (16). As negociações foram interrompidas e devem continuar na manha desta segunda-feira (17).

Uma rebelião no presídio Senador Leite Neto, em Nossa Senhora da Glória, na manhã deste domingo (16), deixou um saldo de pelo menos dois agentes penitenciários e dois cabos da policia militar foram feridos. Os dois PMs foram atingidos por estilhaços na perna disparados por espingarda calibre 12.

As primeiras informações são de que, metade dos internos, cerca de 180 detentos do presídio se rebelaram e começaram com as pancadarias no final da manhã deste domingo. Os agentes penitenciários que se encontravam trabalhando acabaram se tornando refém dos presos.

Os internos rebelados conseguiram destruir parcialmente algumas dependências da unidade, alé de se apossarem da chave do local onde são guardadas as armas e, por volta das 14h30, queimaram colchões em uma das guaritas e dispararam diversos tiros, apavorando todos que se encontravam nas imediações da unidade.

Segundo um policial que pediu para não ser identificado, a rebelião de hoje tem proporções maiores e mais perigosa que as anteriores. Há um grande risco de uma grande fatalidade no local, já que segundo esse policial, os ânimos estão agitados e há risco de mortes.

Segundo informações passadas à redação do FAXAJU on-line, durante a rebelião, dois agentes, Fernando Almeida e outro conhecido por “Tenso”, foram feridos, enquanto parentes dos internos foram feitos refém. Até o momento não se sabe como os detentos conseguiram se apossar de armas para efetuar os disparos. Nesse momento eles estão no controle da situação, já que conseguiram render os agentes e estão negociando, tendo sob controle a administração do presídio.

A policia militar foi acionada e se encontra no local tentando conter os ânimos e retomar os controle do presídio que temporariamente está sob o domínio dos internos.
 
Por Munir Darrage

Fonte: Faxaju

Postagens populares