Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Viatura da PM é apreendida após vencimento de licença.

Veículo foi recolhido quando se encaminhava para manutenção
Viatura atuava no município de Areia Branca(Foto: Portal Infonet)
Uma viatura da Polícia Militar (PM) foi recolhida ao pátio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) após constatar-se irregularidades no licenciamento do veículo. A viatura, pertencente à 1ª Companhia do 3º Batalhão e atuante no município de Areia Branca, foi apreendida após envolver-se em uma colisão na avenida Osvaldo Aranha, quando se encaminhava para manutenção na garagem da PM na última terça-feira, 18.

Segundo o capitão Charles Victor, da assessoria de comunicação da PM, um procedimento administrativo foi instaurado para analisar o caso de acordo com as cláusulas de contrato com a empresa locadora. “Como o carro não é de propriedade da Polícia Militar, e sim da locadora, esta é responsável pela documentação, seguro e toda a situação documental do carro. A empresa já foi notificada, e estamos aguardando a defesa”, afirma.
Ainda segundo o capitão, a empresa  ST Locadora de Veículos, responsável pela viatura, poderá ser punida caso não justifique a irregularidade. “Se não houver resposta plausível, a empresa poderá ser punida com o cancelamento do contrato. Nesse caso, abre-se nova licitação para contratação de outra locadora”, diz.
ST Locadora
De acordo com Marcelo Bruno de Sousa, diretor da empresa responsável pela viatura apreendida, a situação já foi regularizada. “O documento deveria ter sido licenciado até o dia 31 de novembro, mas por causa de um erro interno de um funcionário houve atraso. O funcionário já foi demitido, e a viatura já poderá ser retirada do pátio da sexta-feira [21]”, diz. Um novo veículo com as mesmas características foi disponibilizado pela empresa para substitutir temporariamente a viatura recolhida.
O diretor afirma ainda que a não solicitação do documento regularizado por parte do cliente pode dificultar o serviço da empresa. “O próprio cliente muitas vezes esquece de nos fazer a cobrança, ou mesmo perde o documento, e isso prejudica nosso trabalho por que temos muitos carros para monitorar”, alega.
Por Nayara Arêdes e Kátia Susanna
Fonte: Portal Infonet

Postagens populares