Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

PMs que passaram mal durante teste correm risco de morte, afirma Aspra

Após quatro candidatos da Polícia Militar passarem mal, na segunda-feira (16), a Associação dos Praças e Soldados e seus familiares recebeu informações de que um dos militares está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral Menandro de Farias (HGMF) em coma enquanto um outro tem quadro de falência de rim e fígado.

O vereador e coordenador-geral da Aspra, o soldado Prisco, afirmou que "não vamos tolerar este tipo de tratamento. Esta não é uma orientação do Comando da PM, mas uma prática rotineira do Batalhão de Choque. Um absurdo!".

O caso

Policiais militares de diversas companhias e batalhões participavam de uma pré-seleção para entrar no curso de “Caveiras” da Polícia Militar, a tropa de elite da Bahia, quando quatro dos policiais sofreram uma exaustão durante a corrida de 10km com coturno, prova que faz parte do Teste de Aptidão Física (TAF) para o COPES. Eles foram levados ao Hospital Geral Menandro de Faria e identificados como: Ten PM Joserrise Mesquita de Barros Nascimento, da CIPE-Cerrado; Sd PM Luciano Fiuza de Santana do 12° BPM; Sd PM Paulo Deivid Capinan da Silva Pedro da 81 CIPM e o SD PM Manoel dos Reis Freitas Júnior da 4ª CIPM.

A assessoria da PM preferiu não confirmar identidade dos policiais, mas garantiu que todos são obrigados a fazer exames que atestam a capacidade de realizar esforços físicos. Os quatro pertencem às companhias do Cerrado 81ª CIPM (Itinga), 4ª CIPM (Macaúbas) e do 12º Batalhão (Camaçari). Dois dos quatro candidatos correm risco de morte.
 
Fonte: Portal Bizú de Praça

Postagens populares