Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Aspra terá Grupo de Trabalho para estudo e propositura de leis

Grupo de Trabalho da Aspra terá participação de diretores e associados

Em reunião ocorrida na tarde de ontem a diretoria da Aspra definiu a criação de um Grupo de Trabalho (GT) que terá como objetivo pesquisar, estudar e elaborar propostas de leis que atendam os anseios da classe militar, em especial dos praças, categoria representada pela associação. 

De acordo com o presidente da Aspra/SE, sargento Anderson Araújo, a ideia não é nova e vinha sendo amadurecida há algum tempo. "Nossa proposta é criar um grupo formado por membros efetivos, integrantes da diretoria da Aspra, e membros convidados, que poderão ser associados ou não, a depender da necessidade do grupo. O objetivo é discutir ideias dentro do grupo, recepcionar sugestões de qualquer policial ou bombeiro militar, e proporcionar oportunidades de debates abertos com nossos associados e até mesmo com militares não associados, uma vez que as propostas serão do interesse de todos", disse Araújo.

Ainda segundo o presidente, o GT não tem o objetivo de discutir apenas as reivindicações atuais. Araújo afirma que o grupo trabalhará de forma permanente de acordo com as demandas existentes e os resultados desse trabalho servirão de subsídio para a apresentação de propostas aos poderes constituídos. "Atualmente as associações que compõem o bloco denominado de Unidas, onde nos inserimos, também está realizando trabalho semelhante. O Comando da PM através de Portaria também criou uma comissão com objetivo similar. Nossa intenção não é concorrer, mas atuar em conjunto se possível, captando as demandas da categoria que representamos e encaminhando as propostas por nós formuladas para que também sejam apreciadas", disse o sargento.

Os membros efetivos do GT já foram definidos e trabalham na definição dos membros convidados para que possam iniciar os trabalhos o quanto antes. Demandas atuais como promoção automática, definição de carga horária e todos os demais pontos que compõem a pauta de reivindicações dos militares serão os primeiros alvos do trabalho do GT. Possivelmente na próxima semana deverá ser realizada a primeira reunião de trabalho do grupo.

Postagens populares