Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

sábado, 5 de setembro de 2015

Após duras críticas da ANASPRA e de entidades de praças militares estaduais por terem impedido a votação do PL que acaba com a prisão disciplinar, Executiva Nacional do PROS emite Nota de Esclarecimento.

Após a repercussão das duras críticas feitas pela ANASPRA (Associação Nacional de Praças) em seu site oficial e nas redes sociais, e pela reprodução dessas críticas por entidades de praças estaduais também filiadas a ANASPRA, as quais se manifestaram contra a atitude do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) de provocar o adiamento da votação do Requerimento de Urgência para a votação do Projeto de Lei nº 7.645/2014, que acaba com a prisão disciplinar nas Polícias e Corpos de Bombeiros Militares dos Estados, Territórios e do Distrito Federal, a Executiva Nacional do partido emitiu nota de esclarecimento na qual afirma não ser contra os direitos dos policiais e bombeiros militares do Brasil.

Na próxima quarta-feira, 9, deverá acontecer uma reunião em Brasília entre representantes de entidades nacionais e estaduais dos militares e o Presidente Nacional do PROS, a fim de debater o PL 7.645/2014. Na oportunidade as entidades pedirão que o PROS reveja sua decisão e apoie a votação o quanto antes deste projeto que trata de um assunto de tamanha importância para os militares estaduais, especialmente os praças, pois representa o fim de uma norma completamente absurda, inconstitucional e antidemocrática ainda vigente nas Polícias e Corpos de Bombeiros de quase todo país.

Leia abaixo a Nota de Esclarecimento emitida pela Executiva Nacional do PROS:

"NOTA DE ESCLARECIMENTO
Por meio desta nota, o diretório nacional do PROS informa que, ao contrário do que vem sendo propagado, o partido não é contra a categoria de policiais e bombeiros militares do Brasil. A legenda reconhece a importância da classe no compromisso em proteger e amparar toda a população brasileira e, assim sendo, preza por seus direitos e é sensível as condições justas e corretas.
O PROS destaca que a atuação de seus deputados federais no Congresso Nacional não tem o intuito de causar nenhum prejuízo ao corpo de militares. A atividade parlamentar da nossa bancada é pautada no diálogo e compreensão dos pleitos apresentados por toda e qualquer categoria.
O partido coloca-se à disposição para esclarecimentos necessários e reforça seu compromisso para com a classe".

Ascom Aspra/SE

Postagens populares