Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

DEPUTADOS FEDERAIS DO PROS SE POSICIONAM CONTRA OS PRAÇAS E IMPEDEM APRECIAÇÃO EM PLENÁRIO DE PROJETO QUE ACABA COM A PRISÃO DISCIPLINAR.

Uma grande decepção para os praças policiais e bombeiros militares de todo o Brasil. Assim pode ser definido o que aconteceu ontem em sessão realizada na Câmara dos Deputados, em Brasília/DF, na qual seria votado o pedido de regime de urgência para a votação do Projeto de Lei nº 7.645/2014, de autoria dos deputados Subtenente Gonzaga (PDT/MG) e Jorginho Melo (PR/SC), que altera o art. 18 do Decreto-Lei nº 667, de 2 de julho de 1969, e  extingue a pena de prisão disciplinar para as Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares dos estados, territórios e do Distrito Federal.

Em meio à votação, o Deputado Domingos Neto (PROS/CE), pela liderança do partido, pediu a retirada do requerimento de urgência da votação, alegando ter dúvidas quanto às consequências do projeto na hierarquia e disciplina das instituições. Em consequência disso, o Colégio de Líderes adiou a votação do requerimento de urgência. Desta forma o PL 7.645/2014 permanece pronto para ir a Plenário, mas não se te a menor ideia de quando isso ocorrerá, tendo em vista que há projetos na Casa prontos para ir ao Plenário há 15 anos e que até hoje não foram votados.

Fica evidente assim o grande DESFAVOR e o MAL que os senhores deputados do PROS fizeram a todos os praças policiais e bombeiros militares do Brasil, colaborando para a manutenção de uma norma totalmente inconstitucional e que vai contra os princípios de um Estado Democrático de Direito. Os senhores deputados federais do PROS, com esta atitude, demonstram claramente que não estão ao lado dos trabalhadores policiais e bombeiros militares, preocupando-se meramente com o possível impacto deste projeto na hierarquia e disciplina. Esquecem que em várias empresas e instituições públicas e privadas, evidencia-se um forte respeito à hierarquia e disciplina, sem que para isso seja necessário o direito de PRENDER um funcionário por qualquer deslize.

Diante de tamanha MALDADE contra nossa categoria, concitamos todos os praças a lotar as caixas de e-mails dos senhores deputados federais do PROS pedindo que corrijam seu erro e apoiem a votação o quanto antes do Requerimento de Urgência do PL 7.645/2014, bem como que votem pela aprovação do Projeto quando de sua votação em Plenário, do contrário faremos juntos uma grande campanha a nível nacional conscientizando todos os policiais e bombeiros militares de que o PROS é CONTRA a nossa categoria e que portanto seus candidatos não podem contar com nosso apoio para qualquer que seja o cargo pretendido. Vamos nos mobilizar, afinal é da nossa LIBERDADE que estamos falando.

Segue a lista de e-mails dos deputados federais do PROS:

Ademir Camilo (MG) –dep.ademircamilo@camara.leg.br

Beto Salame (PA) – dep.betosalame@camara.leg.br

Domingos Neto (CE) –dep.domingosneto@camara.leg.br

Dr. Jorge Silva (ES) – dep.dr.jorgesilva@camara.leg.br

Givaldo Carimbão (AL) –dep.givaldocarimbao@camara.leg.br

Hugo Leal (RJ) – dep.hugoleal@camara.leg.br

Leônidas Cristino (CE) –dep.leonidascristino@camara.leg.br

Miro Teixeira (RJ) – dep.miroteixeira@camara.leg.br

Rafael Motta (RN) – dep.rafaelmotta@camara.leg.br

Ronaldo Fonseca (DF) –dep.ronaldofonseca@camara.leg.br

Valtenir Pereira (MT) – dep.valtenirpereira@camara.leg.br

Vicente Arruda (CE) – dep.vicentearruda@camara.leg.br

Ascom Aspra/SE

Postagens populares