Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

domingo, 15 de janeiro de 2017

Zona de Expansão: clima de insegurança e terror

Relato

E o blog continua recebendo relatos indignados por conta da insegurança e o clima de terror instalado em toda região da Zona de Expansão em Aracaju. O bairro Aruana e os conjuntos Costa Nova, Horto do Carvalho, Franco Freire, Águas Belas, BrisaMar e Porto Sul são os que sofrem mais com as ações dos assaltantes e meliantes.

Os moradores pedem blitz constantes e, principalmente, abordagem a pessoas com motos e atitudes suspeitas. Após o entardecer ninguém fica mais nas ruas e os trabalhadores que descem dos ônibus passam momentos de terror diariamente. Muitos deixaram de andar com celulares.

Abaixo um relato do jornalista e radialista Nelson Roberto, mais uma vítima de assalto no último dia 06 de janeiro no conjunto Franco Freire.

No dia 06/01/2017, entrei para a estatística das vitimas de assalto a mão armada.

“Estava em meu carro , um fiesta ano 96 na cor lilás/roxo, veículo este caracterizado como carro de propaganda, quando fui abordado no residencial Franco Freire, por dois indivíduos em uma moto, o garupa de arma em punho anunciou o assalto. Como estava com o veiculo parado, e os caras de boné, foi pego no fator surpresa, após me tirarem do carro ameaçando atirar, o que pilotava a moto assumiu o volante de meu carro, seguido pela moto, eles entraram na contra mão na rota de fuga e entrarão na invasão das Mangabeiras.

Digo onde entraram, pois eu os segui em outro carro, de imediato liguei para o 190 e respondi aquele questionário, segui para delegacia plantonista no Augusto Franco onde registrei um B.O. Então fui ao módulo policial de Aruana para acompanhar o desenrolar da ação policial.No entanto o que ouvi é que aquela área é de responsabilidade do primeiro batalhão lotado no Santa Maria.

E também que na invasão da mangabeira, a policia só entra com esquema prévio e no mínimo com 04 viaturas, então questionei se não podiam pedir apoio, via rádio a outras guarnições. Não fui atendido, o que me deixa indignado. Fui em busca da força pública chamada polícia militar de Sergipe, e não de uma guarda específica de bairro.

Hoje sexta -feira 13/01 e até agora não se tem notícias de meu carro.

Em verdade me sinto órfão com relação ao que diz segurança pública. Os moradores da zona de expansão, notadamente da Aruana são reféns de um governo paralelo instalado por bandidos, que andam a vontade cometendo seus delitos, é comum ver os caras rondando armados. Todos os dias a relatos de assaltos. Se faz necessário uma ação da SSP para acabar com este clima de terror instalado na região.”

Fonte: Blog Cláudio Nunes

Postagens populares