Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

domingo, 27 de maio de 2012

Militares se reunem em assembleia e avaliam projetos

Os policiais e bombeiros militares de Sergipe estiveram reunidos na manhã do último sábado, 26, em assembleia geral realizada no Clube dos Oficiais, no bairro Farolândia. A categoria atendeu ao chamado das Associações Unidas e se reuniu para tomar conhecimento dos últimos acontecimentos e discutir o posicionamento da categoria quanto aos projetos de lei enviados pelo Governo à Assembleia Legislativa.

O presidente da Assomise, major Adriano, falou em nome das associações acerca da reunião ocorrida entre seus representantes e o novo Comandante Geral da PM, coronel Iunes. Para Adriano a avaliação do encontro foi positiva, já que em poucos dias no comando da corporação o coronel Iunes já começou a tomar providências a respeito de alguns problemas enfrentados pelos militares. Adriano informou que segundo o Comandante, estariam sendo pagas as gratificações atrasadas dos militares e as indenizações da licença especial. O objetivo do Comando seria regularizar a situação e a partir daí fazer todos os pagamentos em dia.

Em relação às férias a informação é de que apenas nos quatro dias de Pré-Caju e nos dois dias de eleições as férias seriam suspensas, ademais todos os militares teriam o direito de gozar suas férias normalmente sem restrições de período. O major Adriano enfatizou que com essas ações o Comandante Geral não estaria fazendo nenhum favor aos policiais, já que estaria apenas dando ao militar o que lhe é de direito. Porém, o major ressaltou a importância da iniciativa e disposição do coronel Iunes em resolver estes problemas, que há muito incomodavam os militares sem que fossem solucionados.

Projetos de lei

De acordo com as associações o coronel Iunes se mostrou receptivo em relação às demandas da categoria, o que foi bem recebido pelas entidades, e conforme informação transmitida pelo major Adriano as associações pediram ao Comandante Geral que se empenhe em fazer com que o governo retire de pauta os projetos enviados para a Assembleia Legislativa relacionados à Polícia Militar. Segundo o major, os projetos precisam ser revistos e discutidos, principalmente o Código de Ética, que traz dispositivos antidemocráticos e inconstitucionais. Para ele é melhor esperar do que deixar que se aprove às pressas projetos que não venham trazer benefícios para a categoria. 

Decisões mantidas

Ao final a categoria deliberou por manter as decisões tomadas nas assembleias anteriores e por aguardar o desenrolar dos fatos, em razão da mudança no Comando da PM, para só depois tomar novas decisões. Durante esse período as Associações Unidas, através de seus representantes, permanecerão dialogando com o Comando Geral e com as demais autoridades em busca de resultados positivos para a classe militar.

Postagens populares