Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Polícia Federal entra em greve por tempo indeterminado

Os policiais vão realizar a 'Operação Padrão' no Aeroporto
Está mantido cerca de 30% do efetivo (Fotos: Arquivo Infonet)
Policiais federais entram em greve por tempo indeterminado em Sergipe. A decisão saiu de uma videoconferência realizada nesta quarta-feira, dia 15, na sede do Sindicato. Paralisados desde o dia 7 de agosto, os Policiais Federais lutam pela reestruturação da carreira da carreira dos agentes, escrivães e papiloscopistas, melhoria salarial e concursos para os cargos do plano especial de cargos (PEC).
De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Policias Federais de Sergipe (Sinpefse), Durvalino Xavier, a deflagração da greve ocorreu por conta da não apresentação de uma contraproposta efetiva por parte do Governo Federal. “A categoria não vê com bons olhos realizar medidas extremas, mas como não há um respeito do executivo, essa foi a saída encontrada para mostrar que estamos mobilizados e esse transtorno causado é culpa do governo”, afirma.
Por conta da paralisação, procedimentos de investigação e prisão estão comprometidos. Além disso, Durvalino Xavier garante ainda que já nas próximas semanas é possível que haja o comprometimento da emissão de passaporte. O sindicato informou ainda que o efetivo mínimo de 30%, definido por lei, será mantido para o cumprimento dos serviços essenciais.
Medidas
Com a decisão da greve, a categoria vai dar início a ‘Operação Padrão’ na próxima quinta-feira, dia 16, às 14h30 no Aeroporto de Aracaju. “A operação consiste na adoção das medidas necessárias para o controle de embarque e desembarque de passageiros. Não vamos impedir a ida e vinda das pessoas, mas faremos o controle efetivo do desembarque”, diz Durvalino.
Por Aisla Vasconcelos
Fonte: Portal Infonet

Postagens populares