Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Sargento da PM é assassinado a tiros ao reagir a assalto na Barra dos Coqueiros

O sargento André Nascimento foi assassinado há pouco (20:30 horas desta sexta-feira – 20), ao reagir a assalto a um posto de gasolina, na cidade da Barra dos Coqueiros, e foi atingido por um único tiro que o levou a óbito

Os assaltante fugiram em seguida, mas a polícia já está mobilizada para a sua captura. Segundo informações de pessoas que o conheciam, ele era uma pessoa pacata e muita conhecida no litoral Sul do Estado. O sargento foi candidato a deputado federal nas eleições de 2014 pelo PMN, mas não conseguiu eleger-se. Conseguiu apenas 120 votos, sem praticamente fazer campanha no Estado.

Luto

A Polícia Militar de Sergipe entra em estado de luto na noite desta sexta-feira (20), após tomar conhecimento da morte cruel e covarde do sargento Manoel André do Nascimento Neto, de 51 anos, assassinado por dois elementos quando reagiu a um assalto que os marginais faziam contra o posto de combustíveis Petrox, no município de Barra dos Coqueiros.

Segundo informações apuradas por F5 News, o sargento André Nascimento estava abastecendo seu veículo para ir à igreja, quando percebeu a ação dos dois elementos que chegaram a bordo de um veículo GM Corsa Classic, de cor branca (suspeitos de praticarem vários assaltos na zona norte de Aracaju) e tentavam assaltar o frentista do posto. André deu voz de prisão aos dois assaltantes que, sem pestanejar, revidaram disparando vários tiros contra o militar.

O sargento foi atingido por três disparos, sendo um na cabeça, que fatalmente lhe tirou a vida. Segundo informações, um dos bandidos foi atingido por um disparo feito pelo militar, ainda quando tombava ferido. André foi socorrido por populares e morreu ao dar entrada no hospital da cidade de Barra dos Coqueiros.

Militar com 25 anos de serviços prestados à sociedade sergipana, André Nascimento também atuava como radialista e estava em fase de conclusão do curso de Teologia. Dotado de temperamento brando e maleável, o sargento exercia atividades de aconselhamento religioso para presos e também desenvolvia ações de prática da caridade com os menos afortunados. No rádio, o sargento André desenvolveu atividades na Atalaia AM, Jornal AM e Aperipê AM, sempre como comentarista ou repórter.

André participou da coordenação dos movimentos “Polícia Legal” e “Tolerância Zero”, organizados pelas associações militares unidas. O sargento sempre buscou participar das lutas em favor das melhorias de condições de trabalho e salariais dos militares. Ao tomarem conhecimento da morte do sargento, dezenas de pessoas foram ao hospital da Barra para acompanhar o caso. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: Portal F5 News

Postagens populares