Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

terça-feira, 7 de abril de 2015

Policial Militar reclama da escala de serviço

Mais um e-mail foi enviado à redação do Faxaju, onde um policial militar, formado na última turma do concurso, volta a reclamar da escala de serviço. Recentemente um outro militar também reclamou.

Em tom de desabafo, o militar diz que “O que pergunto aos senhores comandantes é... o que nos diferencia dos policiais mais antigos? Vibração para o serviço?? Infelizmente, até isso estamos perdendo. Em empresas normais, onde o trabalhador sai neste horário, existe um transporte tipo van ou qualquer outra coisa que leve o colaborador em casa, mas na PM.. existe o Militarismo....”.

Veja o que diz o e-mail:

Mais uma vez, sou obrigado pedir ANONIMATO desta denúncia (minha identificação e contato estão no fim do Email), pois infelizmente, sabemos que o temível regimento disciplinar do Exército Brasileiro (que também rege a corporação POLÍCIA MILITAR DE SERGIPE) persegue os praças que fazem sempre muito mais que o possível para manter a tranquilidade pública, tão ameaçada por esses marginais que assombram a sociedade sergipana e brasileira.

O motivo que me leva a recorrer a você, de novo - diante do barulho que o FAX AJU tanto causa na sociedade, como no meio político - é a mais recente mudança de escala que a corporação fez na escala dos recrutas, praticamente cassando novas e não permitindo um descanso mental para nos reabilitarmos física e mentalmente para o serviço, nem fazer qualquer tipo de investimento pessoal, como uma faculdade.

Recentemente, alguns batalhões tinham readequado a escala de 12h (de serviço) x 36h (de folga) para 12h x 24h/12h x 72h (que é a escala de serviço dos batalhões da grande Aracaju e 24h x 72h (no interior). Porém, com a intenção de se implantar os PAC´s móveis (Posto de atendimento ao cidadão) nos bairros, que é muito interessante a proposta... mudaram o horário de serviço para 12h x 36h novamente, e em um horário extremamente exaustivo física e psicologicamente.

Em uma semana, trabalha-se SEGUNDA E QUARTA DE 9HS ÀS 21H e SEXTAS DE 14H ÀS 02 DA MADRUGADA e na semana seguinte TERÇAS, QUINTAS 9 às 21h e SÁBADOS de 14h às 02 da madrugada. Além desse horário não possibilitar ninguém de continuar na faculdade, muitas vezes nos horários de fim de semana em que saímos de madrugadas, somos obrigados a nos humilhar para que algum superior, muitas vezes incompreensivo, possa nos deixar em casa, já que a PMSE nos fornece o cartão de gratuidade do transporte público, mas de madrugada não passa ônibus... como fazer para voltar para casa? Nos batalhões do interior, o mesmo horário é praticado, e a situação dos recrutas consegue ser ainda pior, pois em muitos municípios, o transporte das cooperativas é encerrado antes do militar findar seu serviço, obrigando-os a dormir nos batalhões para não ficar ao relento, tornando as folgas ainda mais diminutas.

Todos sabemos o desgaste causado pela carreira policial, levando muitos profissionais sérios, experientes e competentes a desistir da carreira, causando um prejuízo enorme a sociedade, cada vez mais reféns de vagabundos que desprezam os ditames da nossa constituição cidadã, e a corporação, cuja vacância nos quadros leva muito tempo para ser preenchida!

O edital do concurso pediu que o candidato a soldado fosse habilitado com CNH tipo B (próprio para dirigir veículos), e não que tivéssemos veículo próprio para a PM fizesse os policiais de peão de escala.. ah, hoje a escala é assim.. amanhã não é mais.., por acaso não existe vida fora da corporação? Onde está o respeito pelo pares? Por acaso o trecho do hino da Polícia Militar do estado de Sergipe UNIDOS OMBRO A OMBRO.. são apenas ´palavras jogadas aos vento? Por acaso o peso da farda de alguns pesa mais que a da restante da corporação?

O que pergunto aos senhores comandantes é... o que nos diferencia dos policiais mais antigos??Vibração para o serviço? Infelizmente, até isso estamos perdendo.

Em empresas normais, onde o trabalhador sai neste horário, existe um transporte tipo van ou qualquer outra coisa que leve o colaborador em casa, mas na PM.. existe o Militariismo....

ORDENE-SE..

FAÇA-SE...

PUBLIQUE-SE...

CUMPRA-SE...

No dia a dia, paramos pra pensar... prestamos concurso público - que foi o mais difícil do Brasil à época - para entrar nesta grandiosa corporação, ou será que pedimos algum favor para vereador X, deputado Y ou secretário Z? Por trás dessa farda azul petróleo, existem cidadãos que querem servir com fervor a sociedade sergipana, pois somos o último socorro dos nossos semelhantes, mas e quem nos socorre? A tropa está desanimada com a falta de respeito das cabeças pensantes que estão a frente da briosa Polícia Militar, pois o futuro profissional não nos traz expectativas de melhoras, por isso recorremos a você Munir e equipe, para interceder junto ao secretário Mendonça Prado em favor dos novos soldados. Acreditamos no secretário e na sua capacidade de melhorar a segurança pública, e o primeiro exemplo deve partir de dentro.. valorizando os policiais!

Obrigado pela atenção munir e equipe do fax aju, e que Deus vos abençoe!

Fonte: Faxaju

Postagens populares