Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Comandante da PM diz que não vai aceitar "indisciplina e aquartelamento" e que projeto "depende dos técnicos da Fazenda"

Na manhã desta quarta-feira, 31, o secretário de Segurança Pública, João Batista, e os comandantes da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar, respectivamente, coroneis Marcony Cabral e Antônio Dória,. reuniram a tropa no CEFAP, com o objetivo de anunciar o projeto de valorização das carreiras.

Em sua fala, o comandante da PM disse que não vai aceitar "indisciplina e aquartelamento", ressaltando que não houve caso de indisciplina até o momento. O coronel Marcony também falou sobre os questionamentos que vem recebendo sobre se fica ao lado do governo ou da tropa: "Eu não deixo de apoiar a tropa, mas se um dia ficar contra o governo, entregarei o cargo, porque não é justo ficar no Comando contra quem me nomeou".

Marcony disse que ele, ao lado do comandante do Corpo de Bombeiros e o secretário de Segurança, tem conversado com o governo sobre as reivindicações da tropa: "Quem se expõe somos nós". Alertou que o o projeto "depende dos técnicos da Fazenda".

Ele também disse que "não é verdade que ninguém conhece as propostas, porque o projeto foi discutido com a tropa; fui eu que chamei representantes da tropa para as discussões". Militares ouvidos por NE Notícias logo após o encontro da manhã desta quarta-feira disseram que as associações promoverão encontro para discutir os novos passos da corporação.

Fonte: Ne Notícias

Postagens populares