Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Minas Gerais: Abusos, humilhações, assédio moral no Curso de Formação de Oficiais, Soldados e Sargentos

"Bom dia Renata! Sou aluno do CFS e gostaria de me posicionar sobre o ocorrido com os cadetes na semana passada e nos últimos tempos!  Não me posicionei no site pq tenho medo de ser rastreada e retalhada. Caso julgue que meu texto é relevante, autorizo postá-lo.

Incentivo ao ódio e retrocesso! Nada mais vem a minha cabeça quando penso no princípio da atual formação dos futuros oficiais da PMMG. O que deveria ser um período de aprendizado eespecialização, passou a ser um palco de caça entre gatos e ratos. Onde os gatos são alguns Cadetes, alunos da ESCOLA DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA PMMG, e os ratos são as praças da PM.(CFS e CFSD) Também os cadetes I e II anos.

O que ocorreu no período de treinamento e transcurso do Batalhão Olímpico foi coisa que não imaginei ver em tantos anos de Polícia Militar. Ameaças de comunicações disciplinares, de prisão em flagrante por conta de cochilo durante as palestras! Arremesso de boinas no rosto dos militares, empurrões, tapas nos subalternos, privação do uso de sanitários, corredores abarrotados de soldado segunda classe, alunos do cfs e Cadetes do primeiro ano pagando dez durante as palestras... Essas foram algumas das atitudes tomadas pelos Cadetes durante o evento na Igreja Batista da Lagoinha. É claro que todas essas atitudes tiveram respaldo na fala de um Tenente Coronel. Onde comparou Cadetes a carcereiros e Praças a presos.

Se todos os desmandos e abusos dos Cadetes tivessem ocorrido somente na Igreja Batista da Lagoinha poderia se tolerar. No entanto, o que aconteceu nos dias de treinamento do batalhão olímpico nada mais foi que a extensão da atitude dos Cadetes no dia-a-dia da Academia de Polícia. Eles são incentivados a odiar e retalhar os discentes dos cursos de Praças com desrespeito, humilhações, falas ofensivas e ações abusivas. Incentivados e premiados , isso se perpetuou do início ao fim das atividades do Batalhão Olímpico.

Para piorar, a vida de ações desregrada e criminosas ( no ponto de vista penal militar) continua. Quarta feira passada, durante a AFP aplicada aos recém chegados do CHO, os Cadetes se utilizaram de abuso pra tratar com todos, tanto alunos que faziam a atividade repleta de excessos quanto os discentes dos outros cursos de formação que precisavam transitar pelo pátio da APM. Entre gritos, colocaram discentes do CFS, que estavam fora de forma, na posição de sentido virados para a parede enquanto a tropa de ALUNOS DO CHO passavam em AFP. Ofensas e cuspe na face de um dos militares do CFS foram só uma amostra do pacote de atos desregrado feitos pelos cadetes.

Para mais alarmar, na atual conjuntura, com salários dos militares dividido em 3 vezes,a incerteza do pagamento nos próximos meses, a Academia de Polícia juntamente com a Escola de Formação de Oficiais está programando um acampamento organizado e dirigido pelos Cadetes para os alunos do curso de formação de Sargentos com orçamento previsto em 507 mil reais. Acampamentos para o CFS não ocorrem a mais de uma década e esta nada mais é do que uma forma de reafirmar poder e um momento para que as praças sejam humilhadas deliberadamente e desnecessariamente sem supervisão num ambiente tão hostil quanto é o de campanha. Um valor tão alto para uma atividade desnecessária, fere a moralidade, princípio expresso da administração pública. 

Enquanto alunos dos cursos de formação vindos do interior não receberam suas ajudas de custo, depois de quase oito meses transferidos para o curso,a Academia de Polícia usará 507 mil reais em 3 dias de acampamento para o CFS . Imoral! Tudo! A forma como estão conduzindo a formação desses futuros oficiais da polícia militar e a forma como estão utilizando mal o dinheiro do contribuinte .Meio milhão de reais ajudaria muitas pessoas e utilizar-se deste montante em 3 dias com finalidade única de humilhar a subjugar praças da PM , é desnecessario, é realmente imoral.

Alguém precisa fazer algo sobre tudo isso! Um dos representantes políticos das praças precisa ir aO Socorro da tropa do CFS na APM . Precisa, acima de tudo, não deixar que as relações na PMMG retroajam a antes de 1997, pra onde parece que retornamos."

* Reafirmo que o Espaço está aberto a EFO. Caso queira manifestar.
Fonte: Renata Pimeta/Facebook

Postagens populares