Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Assembleia do SINPOL SERGIPE mantem operação “Meu Salário, Minha Vida”

O SINPOL SERGIPE realizou nesta terça-feira, 06, mais uma assembleia geral extraordinária e desta vez em frente ao Complexo de Delegacias Especializadas – CPE, conforme ficou deliberada anterior, realizada no dia 23 de agosto. O local foi considerado impróprio pelos participantes e nas próximas assembleias não será mais utilizado para tal finalidade.

Iniciando com as discussões sobre a adesão do SINPOL SERGIPE à mobilização nacional das polícias civis estaduais do Brasil, cuja luta se dá contra o PLP 257/2016 e a PEC 241/2016, vulgarmente conhecidos como “Pacote de Maldades” dos governos federal e estaduais, após explanação sobre o conteúdo desses “pacotes” através do presidente do sindicato, Alexandre Fernandes, a categoria decidiu unanimemente que o SINPOL SERGIPE deve aderir à mobilização.

Alexandre Fernandes rechaçou algumas condutas oportunistas de quem não trabalha pelo bem da categoria, mas defende apenas seus interesses pessoais. Ele denominou de “Manifestantes de WhatSapp” aos que durante as assembleias não apresentam boas propostas, não participam de ações e tentam levar a Polícia Civil à ruína através do uso irresponsável das redes sociais.

Outro ponto importante da assembleia foi a avaliação das estratégias de ações sindicais e da categoria contra a política pública de segurança implantada pelo Governo de Sergipe, onde constam o parcelamento de salários e desproporcionalidade entre os valores dos subsídios pagos aos cargos policiais civis. A assembleia aprovou a continuação da operação “Meu Salário, Minha Vida”, onde os agentes e escrivães farão apenas os trabalhos internos nas unidades policiais.

Por fim, ficou ajustado também que semanalmente será realizada uma manifestação em frente ao prédio da Secretaria da Segurança Pública – SSP, como forma de dar visibilidade ao movimento e cobrar do Governo do Estado responsabilidade no sentido de cumprir com os pagamentos dos salários dos policiais civis sem atraso e sem parcelamento.

Da Assessoria de Comunicação / Sinpol Sergipe

Fonte: Sinpol/Sergipe

Postagens populares