Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

sábado, 13 de outubro de 2012

Moradores da Atalaia aterrorizados com violência

Comerciantes e moradores são alvo constante de assaltos
Nesta rua, quatro moradores já foram assaltados (Fotos: Portal Infonet)
Moradores e comerciantes do bairro Atalaia estão amedrontados com a onda de assaltos registrados na região. De acordo com populares, arrombamentos, assaltos à mão armada e até sequestros relâmpagos estão sendo praticados por indivíduos que agem em dupla usando motos ou bicicletas.

A psicóloga Milena Aragão, moradora do local há um ano e meio, conta que dos oito proprietários do condomínio de casas onde mora, quatro já foram assaltados. “Recentemente, um vizinho foi seqüestrado quando abria o portão de casa. Ele só foi solto no bairro Santos Dumont depois que eles conseguiram levar dinheiro e pertences pessoais. Até as pessoas que trabalham nas obras aqui perto se tornam alvo, pois os bandidos se aproveitam quando eles estão caminhado em direção ao terminal”, revela.
Mercadinho já foi assaltado diversas vezes
Milena ainda explica que os moradores se sentem amendrontados e desesperados com a situação. “O bairro carece de iluminação adequada, não tem policiamento e as ruas são desertas. Toda vez que volto para casa, passo duas vezes pela rua para ter a certeza de que não tem ninguém e posso abrir o portão. Estamos expostos a tudo isso, principalmente no horário que voltamos do trabalho”, reclama.

Outro morador, que prefere não se identificar, acredita que a polícia deve levar em conta não só as queixas, mas também os chamados registrados. “A polícia se baseia muito pelo número de queixas, mas em muitos casos, as pessoas não registram a queixa porque não querem perder tempo na delegacia”, opina o morador contando que a doméstica que trabalha em sua casa também foi assaltada no bairro.

Comércio
Nese local, foram sete assaltos e 12 arrombamentos
Proprietário de um mercadinho na região, Maurício Carrara, afirma que para garantir a segurança, foi obrigado a fechar o comércio mais cedo e contratar um segurança. “Sou dono deste local há dois meses, mas o antigo dono já havia me contado que os assaltos são constantes. Ainda tem os clientes que chegam aqui contando várias histórias”, diz.

Um material de construção nas proximidades do mercadinho também é alvo dos bandidos. “Em pouco mais de um ano, foram sete assaltos e 12 arrombamentos. O policiamento aqui até melhorou, mas ainda é insuficiente para conter os ladrões. Temos que ser justos, a polícia é rápida, prende, aí vem a justiça é solta”, diz.
Polícia Militar

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com o Coronel Jackson Nascimento, comandante da Polícia Militar de Aracaju, que afirmou que a Orla de Atalaia nunca esteve tão policiada como agora. “Se você rodar na orla, é possível encontrar quatro ou cinco viaturas que fazem o policiamento em todo o bairro. As pessoas precisam entender que há mais de seis anos, não temos concurso público. Entendo que o número de policiais não são suficientes, mas com a mão de obra que temos, fazemos o melhor”, explica.
Por Verlane Estácio e Aisla Vasconcelos

Fonte: Portal Infonet

Postagens populares