Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Condutores e técnicos da saúde não aderem ao PCCV

A categoria entende que o plano será a destruição da carreira
Adilson Melo do Samu mostra os documentos protocolados (Foto: Portal Infonet)
Condutores e técnicos da saúde protocolaram um documento nesta terça-feira, 4, na Secretaria de Estado da Saúde (SES) comunicando individualmente sobre a não adesão dos servidores a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Condutores de Ambulância da Saúde (Sindconam), Adilson Melo, a categoria já se manifestou contrária à aprovação do plano. “Nós já dissemos no dia 24 de julho e no dia 3 de agosto que não aceitávamos o plano, mas mesmo assim o secretário já saiu dizendo que conseguiu implantar o plano. Não aceitamos e entendemos que é uma destruição de carreira, portanto, não temos outra forma de nos proteger a não ser, utilizando a não adesão individual”, afirma.
No entendimento do Sindicato, o plano irá destruir a carreira, uma vez que segundo a categoria mesmo iniciando com o salário de R$ 837,39, somente após 47 anos, o valor deve chegar a R$ 1.657,97.
Alguns técnicos e auxiliares do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também estão apoiando o movimento e protocolaram a não adesão ao plano. Eles pretendem realizar uma assembleia, ainda com data a ser definida, com o objetivo de paralisar as atividades caso o governo não negocie com a categoria.
FHS
A Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) por meio da assessoria informa que: “Neste momento acontece à reunião da mesa de negociação com todos os representantes das categorias de trabalhadores na área da saúde”.
Fonte: Portal Infonet

Postagens populares