Conheça a ANASPRA

Postagem em destaque

Parceria Aspra Hapvida: descontos nos planos de saúde para associados Aspra Sergipe

Prezado Cliente, A parceria Divicom Hapvida , leva aos Associados da ASPRA, condições especiais com preços bem reduzidos para aquisi...

sábado, 15 de setembro de 2012

Polícia Civil de Alagoas produz 1º inquérito virtual do País

Dentro do plano de gestão do delegado-geral, Paulo Cerqueira, que visa o processo de Modernização e Virtualização dos Procedimentos Policiais e Administrativos, a Polícia Civil de Alagoas remeteu à Justiça, nesta quarta-feira (12), o primeiro inquérito policial totalmente virtualizado do país, por meio da certificação digital.

“Trabalhamos para inserir a PC na era digital e esta é mais uma etapa no processo de desenvolvimento organizacional que estamos implementando, visando modernizar todos os procedimentos da polícia. Esta é a concretização de um trabalho que começou com a certificação digital dos delegados e escrivães”, esclareceu Paulo Cerqueira.

Segundo o diretor da Deinfo (Diretoria de Informática e Estatística), delegado Medson Maia, esta é a primeira vez que um inquérito é concluído totalmente de forma digital no Brasil. “Na área civil já é uma prática trabalhar virtualmente, mas na área criminal, este é o 1º projeto, que começa a funcionar no Brasil”, esclareceu.

Medson Maia ressaltou ainda que, dentro dos inúmeros benefícios está a economia de tempo, consumo de papel e também de combustível, uma vez que não é mais necessário, descolar um policial para a entrega física dos inquéritos à Justiça alagoana.

O primeiro inquérito foi remetido eletronicamente para a 9ª vara criminal, ao juiz Geraldo Amorim.

A delegada do 10º Distrito Policial (DP) da capital, Luci Mônica, que conduziu as investigações e a confecção do procedimento de forma virtual, ressaltou a facilidade de usar os meios eletrônicos.

“A ferramenta inovadora é muito rápida e simples. O procedimento oferece mais agilidade e maior economia de tempo e até financeira às atividades policiais”, afirmou.

De acordo com Luci Mônica, o caso investigado foi uma tentativa de homicídio, ocorrido no último dia 03, deste mês e ano, na localidade conhecida como “Boca do Inferno”, no Village Campestre, em Maceió, quando Maria do Carmo da Conceição atentou contra a vida de seu esposo, Severino Quaresma dos Santos Filhos.

Segundo Medson Maia, até o final do ano, todas as delegacias do Estado estarão prontas para usar as novas ferramentas tecnológicas.  A intenção é abolir o uso de papel na comunicação oficial em todos os tramites da instituição.

“Já começamos a trabalhar assim entre diretorias, delegacias e todas as unidades policiais e agora já iniciamos a remessa dos inquéritos da capital totalmente virtualizados”, informou.

Nas últimas semanas, técnicos da diretoria de Informática e Estatística, realizaram treinamentos sobre os procedimentos de virtualização, digitalização de documentos e certificação eletrônica, nas delegacias regionais de São Miguel dos Campos, Penedo, Arapiraca e Palmeira dos Índios, para o uso da nova ferramenta tecnológica. O trabalho nas regionais prossegue até o mês de outubro. As informações são do portal da Polícia Civil do Estado de Alagoas.

Fonte: Blog do Delegado

Postagens populares